Quais as expectativas para o varejo farmacêutico em 2019?

O varejo farmacêutico em 2019 continuará competitivo e exigindo cada vez mais a profissionalização dos empresários para atingirem o sucesso. As grandes redes e as redes associativistas continuam expandindo e dificultando o cenário para os empresários independentes do varejo farmacêutico.

O varejo farmacêutico é um segmento extremamente competitivo. Por conta disso, acompanhar as tendências e as movimentações do mercado é extremamente importante para manter o crescimento nas vendas da sua drogaria.

Como podemos analisar nos últimos anos, o varejo farmacêutico vem crescendo de forma sistemática, sempre muito acima do PIB. Ainda não é possível ter o fechamento do ano de 2018, mas o crescimento deve ficar próximo de 10%. Se considerarmos que 2018 foi um ano em que o PIB brasileiro deve ficar em torno de 1% a 2%, certamente é um número positivo para o varejo farmacêutico.

Por outro lado, por ser um mercado muito resiliente e com crescimento acima da média, existe um nível de concorrência maior. A principal questão é que o aumento da competição não se dá apenas pelo maior número de concorrentes, mas também pelo nível da concorrência.

O número de novas lojas é muito grande, mas ao mesmo tempo as lojas já existentes funcionam melhor. A profissionalização leva à prosperidade e faz com que a drogaria cresça acima da média.

Perspectiva 2019

2019 ainda é um ano um pouco incerto por conta da mudança do governo federal. É um governo que vem com uma proposta bastante diferente do que tínhamos antes. Por outro lado, ao menos aparentemente, devemos ter um PIB melhor do que tivemos nos últimos 4 anos.

Por conta disso, a economia deve ser mais pujante e, por consequência, o varejo farmacêutico deve ter crescimento ainda maior do que tivemos em 2018.

Melhoria das redes associativistas

A alta competitividade do varejo farmacêutico faz com que os grupos associativistas promovam melhorias significativas em suas estruturas. Com a presença das grandes redes, os agrupamentos perceberam que precisam aumentar sua eficiência operacional para serem mais competitivos.

Além disso, layout e padronização da comunicação também são fatores que essa categoria de drogarias deve se atentar. A mudança no comportamento do consumidor levou ao aumento da exigência do cliente, que hoje não frequenta um estabelecimento de saúde malcuidado, mal iluminado ou sujo.

As redes associativistas se deram conta dessa mudança e já atuam para melhorar seus pontos fracos para terem melhores resultados.

Expansão das grandes redes

As grandes redes também seguem com seus planos de expansão e de investimento. Por representarem a maior parte das vendas do varejo farmacêutico, as grandes redes almejam ainda mais e pretendem inaugurar mais drogarias ao longo de 2019.

Profissionalização de empresários independentes

As drogarias independentes são o maior número de estabelecimentos do varejo farmacêutico do país. Com o passar dos anos, alguns desses empresários migraram para agrupamentos e franquias para conseguirem se manter competitivos.

Por conta disso, a capacitação e a profissionalização dessa gama de empresários é essencial para o desenvolvimento do varejo farmacêutico.

Cenário de dificuldade para as pequenas farmácias que não acompanharem essa profissionalização

Para os demais empresários independentes, se não acompanharem a evolução do mercado, a situação é de dificuldade. Com a mudança no comportamento e nas exigências do consumidor, o layout da loja é um diferencial.

Além disso, pesquisas mostram que a precificação é um dos principais fatores de decisão do consumidor por um estabelecimento do varejo farmacêutico. Portanto, a estratégias de precificação de uma drogaria é extremamente importante para o sucesso do negócio.

Para isso, ter boas condições de compra com os fornecedores é muito importante. E é exatamente esse um dos principais problemas do empresário de pequeno porte, que tem uma farmácia independente.

A indústria farmacêutica e os distribuidores buscam, principalmente, a representatividade de vendas para oferecer mais descontos às drogarias. Quando são parte de um grupo, essa representatividade é maior e as condições comerciais melhores na reposição de produtos.

Além disso, as redes e associações fornecem uma série de dados e relatórios sobre vendas. Isso é muito importante para os fornecedores, pois eles conseguem alinhar as estratégias, saber onde podem otimizar atividades e também onde há oportunidades de mercado.

Fique de olho nas movimentações de mercado para aproveitar as oportunidades da sua região de atuação! Não aguarde um concorrente surgir ao lado para começar a melhorar suas atividades!

Fonte: Farmarcas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *