Tomar remédios a seco pode ser perigoso para o corpo

(Foto: Getty Images)

Você está na rua ou no meio de um compromisso e se lembra de que precisa tomar um remédio. Na correria, engole o comprimido sem água. Já passou por isso? Pois saiba que, sem saber, você expôs o seu corpo a alguns riscos.

É fato: cada comprimido possui uma forma correta de ser tomado: alguns em jejum, outros durante as refeições. Se existe uma quantidade de líquido correta? De acordo com Emanuele Villela Belczak, gastroenterologista e endoscopista, “a quantidade de líquido, na maioria dos casos, deve ser a necessária para que o paciente consiga deglutir com conforto”. Normalmente, um copo de água é recomendável e suficiente.

O que pode dar errado?

Em algumas situações, um remédio tomado a seco machuca o esôfago: “o medicamento alendronato, por exemplo, deve ser tomado acompanhado de no mínimo 1 copo d’água – e é recomendado evitar deitar-se em seguida por um período de pelo menos 30 minutos”.O alendronato é usado para o tratamento da osteoporose. “Este tipo de remédio e também anti-inflamatórios podem causar feridas importantes no esôfago. Estas feridas causam dor, sangramento e, em casos extremos, até perfuração”.

Mas esta não é uma regra sem exceções: alguns comprimidos são sublinguais e devem ser dissolvidos por completo ainda na boca. Os mastigáveis, por sua vez, são deglutidos somente depois da mastigação adequada. Há ainda comprimidos revestidos para que suas substâncias sejam liberadas apenas no intestino.

Quanto ao tipo de líquido, também depende do comprimido. Em alguns casos, sucos, chás, café ou refrigerante podem interferir na absorção do medicamento. Por isso, o ideal é confirmar com o médico que prescreveu o remédio.

E os anticoncepcionais?

O mesmo vale para eles, mas tomá-los vez ou outra sem água não é garantia de problemas para as mulheres. É a deglutição em excesso de remédios sem água que pode causar as feridas no esôfago, então a orientação é a mesma: água, sempre!

Fonte: Vida e Estilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *