Saiba como evitar mãos ressecadas nos tempos de álcool em gel

saiba-como-evitar-mãos-ressecadas-nos-tempos-de-álcool-em-gel
Foto: Shutterstock

Aprenda uma rotina de hidratação para reverter o ressecamento das mãos, efeito da limpeza constante das mãos na pandemia do Coronavírus

O Covid-19, além de colocar o país em quarentena, fez multiplicar a demanda por álcool em gel nas farmácias do Brasil inteiro. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ações úteis para evitar o contágio pelo vírus incluem lavar as mãos até a metade do pulso, usar álcool em gel 70%, evitar tocar olhos, nariz e boca, limpar com frequências objetos e superfície de contato, entre outros.

As farmácias provam que o aviso foi efetivo: o álcool em gel esgotou em muitas drogarias do Brasil. Porém, seu uso contínuo, embora essencial na luta contra a proliferação do Covid-19, deixa as mãos ressecadas. “O álcool em gel age como antisséptico, ou seja, inibe a proliferação de microorganismos. Seu uso frequente leva ao ressecamento da pele, então é muito importante, em épocas como essa, intensificar a hidratação.

A aplicação do creme para as mãos deve ser feita após o álcool em gel secar. “Primeiro deve ser aplicado o álcool em gel, em seguida, depois que ele secar, aplicar o creme para as mãos. Em épocas de pandemia, limpeza e higiene devem vir em primeiro lugar, porém o cuidado com a saúde e o corpo devem continuar, prevenindo assim problemas futuros.

Fonte: Dra. Ana Lívia Bagatini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *