Quais categorias nas farmácias foram afetadas pelo novo coronavírus?

farmacias afetadas coronavirus
Fotos: Shutterstock

Vitaminas e itens de higiene seguem em alta, enquanto os cosméticos perdem importância nas farmácias.

O novo coronavírus (Covid-19) trouxe uma série de mudanças no consumo dos brasileiros e as farmácias  foram afetadas diante deste comportamento.

Entre as principais mudanças, além da jornada do consumidor nas lojas físicas que se tornou muito mais objetiva – e do salto nas compras on-line – os clientes também tiveram sua cesta de compras alterada, com foco na higiene e prevenção.

Quais produtos foram mais procurados e quais tiveram retração em vendas?

Um levantamento realizado pelo IQVIA apontou um aumento significativo nas vendas de alguns medicamentos e vitaminas relacionados à Covid-19 nos três primeiros meses desse ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre eles:

  • ácido ascórbico (vitamina C), associado por fake news à prevenção da doença, que teve um crescimento de 198,23%;
  • O paracetamol, com 83,56% a mais em sua comercialização e a dipirona sódica, com aumento de 51%;
  • O ibuprofeno, que por um breve período foi relacionado ao agravamento de casos da doença, teve uma queda nas vendas de 2,95%;
  • hidroxicloroquina e colecalciferol (vitamina D), atribuídos, por um período, como remédio para o tratamento da Covid-19, tiveram crescimento de vendas de 53,03% e 23,74%.

Quais categorias de produtos tiveram impacto negativo nas vendas?

De acordo com a 2a Edição do Termômetro de Consumo da Kantar, nesta pandemia, 15 categorias voltadas para mulheres têm potencial para serem impactadas negativamente. Entre elas:

  • Sabonetes líquidos e em barra;
  • Maquiagens e removedores;
  • Cremes dentais;
  • Hidratantes faciais e corporais;
  • Depiladores e lâminas;
  • Desodorantes;
  • Fragrâncias;
  • Xampus;
  • Produtos para banho;
  • Creme dental;
  • Ferramentas para estilização;
  • Fio dental;
  • Fragrância;
  • Antisséptico bucal.

Fonte: Guia da Farmácia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *