Oito erros quanto ao uso de protetor solar

oito-erros-quanto-ao-uso-de-protetor-solar
Foto: Shutterstock

O protetor solar previne o surgimento de sinais de envelhecimento precoce e protege a longo prazo contra problemas maiores, como o câncer de pele

O uso do protetor solar é indispensável na rotina de cuidados com a pele. Ele não só previne o surgimento de sinais de envelhecimento precoce como também nos protege a longo prazo contra problemas maiores, como o câncer de pele.

O problema é que muita gente, mesmo se lembrando de usar o protetor solar diariamente, não mantém esse hábito da forma correta – e isso gera consequências negativas.

Principais erros ao usar o protetor solar

1. Usar um FPS baixo

A recomendação é usar, no mínimo, FPS 30. Fatores mais baixos não protegem tanto a pele. Por outro lado, os mais altos promovem muito alta proteção .

2. Passar pouco protetor solar

Não adianta economizar no produto. É preciso utilizar quantidade suficiente para cobrir toda a pele que ficará exposta. Para isso, vale seguir a chamada “regra da colher de chá” .

Para o rosto, cabeça e pescoço, use a quantidade relativa a uma colher de chá, e para cada braço e antebraço, também uma colher.

Já para a frente e atrás do torso, são duas colheres. A mesma quantidade vale para cada perna e coxa.

3. Não repassar ao longo do dia

Por mais alto que seja o FPS, é preciso reaplicar o protetor ao longo do dia para que a eficácia não seja comprometida.

4. Usar protetor apenas de corpo no rosto

A pele do corpo e do rosto possuem características diferentes, e é por isso que nem sempre é possível usar o protetor de corpo no rosto. A única exceção são os cosméticos já formulados para esse tipo uso.

5. Ignorar o tipo de pele

Uma pele seca pede produtos mais hidratantes, enquanto uma pele oleosa exige cosméticos oil free. Esse cuidado é importante tanto se tratando de hidratantes e maquiagens quanto de protetores solares.

6. Trocar o protetor por maquiagem com FPS

Atualmente, muitas maquiagens e até hidratantes possuem algum FPS. Contudo, esses cosméticos ainda não dispensam o protetor, apenas potencializam sua ação.

7. Ignorar a data de validade do protetor solar

Como qualquer outro produto, é preciso seguir a validade do protetor solar também.

8. Não usar em dias frios ou chuvosos

Os raios solares atravessam as nuvens, mesmo que você não esteja sentindo calor. Além disso, há também os efeitos negativos gerados pela chamada luz visível à pele. Ela é a luz que nós conseguimos enxergar, como as dos eletrônicos. É por isso que o protetor deve ser usado mesmo em dias frios ou chuvosos.

Fonte: Guia da Farmácia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *