Estudo com a substância nitazoxanida em pacientes com Covid-19 já foi iniciado

estudo-com-a-substancia-nitazoxanida-em-pacientes-com-covid-19-ja-foi-iniciado
Foto: Shutterstock

Ao todo, 50 pacientes infectados, em fase intermediária da doença, participam da pesquisa

Um estudo iniciado semana passada, realizado por acadêmicos de diferentes centros de pesquisa, ­busca esclarecer dados de eficácia e segurança da substância nitazoxanida, no tratamento de pacientes acometidos por Covid-19, por meio de análises.

Evidências in vitro, publicadas internacionalmente, revelam um amplo espectro antiviral da droga, que é empregada no Brasil há aproximadamente 15 anos, sob a marca de referência Annita, utilizada no tratamento de doenças parasitárias e virais intestinais.  Estudos em humanos já confirmaram sua ação contra o vírus Influenza, tipicamente respiratório, publicados em conceituada revista médica internacional, em regimes de tratamento diferentes dos atualmente preconizados em suas indicações habituais.

A FQM Farmoquímica, empresa detentora do registro do medicamento referência no país, sob a marca Annita,está apoiando o estudo e, de acordo com sua diretoria, está muito otimista em relação a pesquisa realizada.

Fonte: FQM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *