Aumente o consumo de nicotina para largar o cigarro

Estudo mostra que doses mais altas de nicotina aumentam as chances de o fumante abandonar o vício

nicotina

Fumar aumenta o risco de uma série de doenças, incluindo o câncer. (Thinkstock/VEJA/VEJA)

Os cigarros estão associados a uma série de problemas de saúde, inclusive câncer. Por causa disso, a recomendação de especialistas é que os fumantes abandonem o vício para diminuir o risco de desenvolver doenças graves. Uma das formas de alcançar esse objetivo é através dos repositores de nicotina – produtos que ajudam a parar de fumar. O princípio dos repositores é permitir que a substância seja entregue ao organismo de forma mais lenta e sem outros produtos químicos nocivos encontrados na fumaça do cigarro, por exemplo.

Além disso, novo estudo afirma que esses produtos podem ser ainda mais eficientes se utilizados em conjunto e em quantidade mais alta. Isso porque doses elevadas ajudam a diminuir o prazer desencadeado pela substância. De que forma? Como a nicotina do repositor é entregue mais devagar, quando a próxima dose for entregue, os receptores cerebrais já estarão repletos de nicotina e, portanto, não vão reagir da mesma maneira, nem vão liberar a mesma quantidade de dopamina – também chamada de hormônio da felicidade. Isso ajuda a quebrar a associação que o cérebro faz entre nicotina e prazer.

Três estratégias básicas

Através da análise dos estudos, os pesquisadores da Cochrane, uma instituição internacional de pesquisa médica, descobriu que os produtos para reposição de nicotina são mais eficientes quanto utilizados de três formas específicas. A primeira delas é  usá-los antes de parar de fumar. Grande parte dos fumantes inicia o uso de repositores depois que largam o cigarro. Mas as evidências apontam que as chances de abandonar o vício são maiores quando o produto passa a ser utilizado algumas semanas antes da desistência. Ou seja, no momento em que pensar em parar, compre um repositor e comece a utilizá-lo.

Outra forma de aumentar a eficiência do tratamento é utilizar duas modalidades de repositor. Vale lembrar que esse produto está disponível em formato de adesivo, chiclete, sprays nasais e orais, inaladores e pastilhas. Basta escolher dois deles e usá-los em conjunto.

A terceira estratégia para ter sucesso é aumentar as doses de nicotina. Segundo os resultados, as pessoas estão mais propensas a parar de fumar quando usam a miligrama mais alta de cada formato.

Fonte: Veja Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *